CASA DE CAMPO

O declive acentuado e a vista privilegiada da região foram as condições determinantes para o projeto.

O volume principal, parcialmente elevado do solo, distribui lateralmente os ambientes de cada pavimento

e permite que tenham relação direta com a paisagem.

O desafio maior foi livrar a fachada principal de qualquer interferência visual, ela deveria ser a mais protegida em relação à incidência solar. A solução encontrada deu origem a uma marcante característica do projeto

que são os grandes beirais da cobertura, com dois metros de comprimento para fornecerem sombreamento

no verão e permitirem a entrada do sol durante o inverno. Assim essa face recebeu fechamentos envidraçados que reforçam a integração do interior como entorno. 

Duas empenas laterais voltadas para os terrenos vizinhos, praticamente cegas, trazem privacidade. 

No pavimento superior estão os dormitórios, acessados por uma escada-rampa, interligados a passarela

metálica pendurada à cobertura, com a suíte principal de um lado e mais duas suítes para hóspedes do outro.

 

O térreo é o espaço de convívio por excelência. Sob a suíte principal fica uma sala para televisão e leitura com uma pequena lareira e um escritório para ser usado em temporadas mais longas longe da cidade. Sob a sala de estar fica uma deliciosa sala privativa com uma adega.


Foto: @nilanigoettems

© 2017 Estúdio Nacional Arquitetura e Design. Todos os direitos reservados.

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon
018-NiGoettems-0055